Ministério dos Esportes autoriza cadastro para projeto de ampliação da Arena Condá no valor de R$ 15 milhões

O Ministério dos Esportes comunicou nesta quarta-feira (5) ao deputado federal João Rodrigues (PSD) que já está autorizado à Prefeitura de Chapecó o cadastramento do projeto no sistema do ministério para receber os primeiros R$ 15 milhões dos 21 milhões solicitados para as obras de ampliação da Arena Condá. Em dezembro do ano passado, o deputado mobilizou a bancada federal do PSD para destinar R$ 21 milhões para a obra de ampliação da Arena Condá e para construção de um museu de cera em homenagem as vítimas do acidente aéreo da Chapecoense em emendas parlamentares.

“Sempre falei que junto com o prefeito Luciano Buligon iríamos buscar os recursos para dar sequência às obras da Arena Condá. Nossa Arena é um ponto turístico, é uma obra importante para nossa sociedade. Muito obrigado à bancada do PSD, ao governo Michel Temer e ao ministro dos Esportes, Leonardo Picciani, por apoiarem um projeto tão importante para Chapecó e para Santa Catarina”,

destacou o parlamentar em vídeo postado em suas redes sociais.

“Nós precisamos eternizar os atletas, dirigentes e colegas de imprensa. A melhor maneira é construir um museu de cera, anexo ao estádio”, disse

João Rodrigues. O deputado ressalta que essa verba, como é de emenda parlamentar de outros deputados federais, tem que ser utilizado no objetivo de ampliação da Arena Conda e na construção do museu. João Rodrigues era prefeito de Chapecó em 2005 quando o time da Chapecoense estava ameaçado de fechar por dívidas financeiras. A proposta na época era de transformar o estádio numa horta comunitária. João Rodrigues mobilizou os empresários da região e o time conseguiu sanar suas dívidas.