Emoção marcou a festa do lançamento da candidatura do deputado João Rodrigues a reeleição

Em clima de festa e muita emoção, o deputado federal João Rodrigues (PSD) lançou na noite desta quinta-feira (30) a sua candidatura a reeleição. O evento foi realizado no Pavilhão Comunitário do Bairro Bela Vista, em Chapecó, e contou com a presença de autoridades, candidatos a deputado estadual e centenas de simpatizantes do parlamentar.

Os candidatos ao Governo do Estado e ao Senado pela coligação “Aqui é Trabalho” prestigiaram o lançamento do deputado João Rodrigues, gravando mensagem parabenizando ele pelo evento. João Rodrigues optou em não apresentar a mensagem e sim manifestar o seu agradecimento e apoio ao deputado estadual e candidato ao Governo, Gelson Merísio (PSD), ao deputado federal e candidato a vice-governador João Paulo Kleinubing (DEM), ao deputado federal e candidato ao Senado, Esperidião Amin (PP) e ao ex-governador e candidato ao Senado, Raimundo Colombo (PSD), por terem manifestado publicamente apoio ao seu nome durante o período que esteve preso na Papuda, em Brasília.

Também estavam presentes prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de várias regiões do Estado, além de lideranças empresariais e políticas de municípios da região Oeste. O deputado João Rodrigues chegou ao local do evento ao lado de sua esposa e filhas e foi levado nos braços até o palanque oficial, onde já estavam várias lideranças políticas. Ele foi o último a falar e aproveitou para reforçar seus compromissos com o desenvolvimento de Santa Catarina, além de relatar como foi à experiência dos seus últimos setes meses em que ficou preso da Papuda, em Brasília.

O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, representando os demais prefeitos discursou em favor do deputado, disse que quem mexe com João Rodrigues mexe com todos os chapecoenses e que a meta agora é fazer dele o mais votado nas eleições deste ano. “Nunca tivemos vida fácil aqui em Chapecó. As injustiças acontecem, é verdade. Essa injustiça com você fortaleceu a todos nós e a tua candidatura não é mais tua, mas sim de todos nós”, discursou.

João Rodrigues enfatizou que sua condenação ocorreu por uma injustiça e que em todo o seu processo sempre foi destacado que não houve dolo e nem dano ao erário público na compra de uma retroescavadeira, em 1999, quando era prefeito interino de Pinhalzinho. “Meu sonho foi interrompido, mas ele vai acontecer com a força do povo e a mão de Deus, com ajuda de cada prefeito, vice-prefeito e vereador que farão por mim. Cada um é João Rodrigues em busca de apoio para nossa reeleição”.

Em 2014, o deputado João Rodrigues foi o segundo mais votado no Estado, com 221.409 e recebeu votos em todos os municípios catarinenses. João Rodrigues já foi vice-prefeito e prefeito de Pinhalzinho, deputado estadual, prefeito de Chapecó por dois mandatos, secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, e deputado federal reeleito.